domingo, 25 de junho de 2017

Os sentimentos

As vezes a gente para para refletir e ... essa história serve pra tantas coisas.
O autor é desconhecido, mas no vídeo abaixo, a interpretação é de Everton Cunha (Mr. Pi.) no Pijama Místico do programa Pijama Show em 20.05.2013 pela Atlântida(obs:. a música que segue é U2 - Original Of The Species)

Os Sentimentos.
Contam que, uma vez, se reuniram os sentimentos e qualidades dos homens em um lugar da Terra. O ABORRECIMENTO havia reclamado pela terceira vez que não suportava mais ficar à toa e a LOUCURA, como sempre louca, propôs-lhe:
-Vamos brincar de esconde-esconde?
A INTRIGA levantou a sobrancelha intrigada e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se, perguntou-lhe:
-Esconde-esconde? Como é isso?
-É um jogo - explicou a LOUCURA - em que eu fecho os olhos e começo a contar de um a um milhão enquanto vocês se escondem. Quando eu tiver terminado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará meu lugar para continuar o jogo.
O ENTUSIASMO dançou seguido pela EUFORIA... A ALEGRIA deu tantos saltos que acabou convencendo a DÚVIDA e até mesmo a APATIA, que nunca se interessava por nada.
Mas nem todos quiseram participar. A VERDADE preferiu não esconder-se. Para quê, se no final todos a encontravam?
A SOBERBA opinou que era um jogo muito tonto (no fundo o que a incomodava era que a idéia não tivesse sido dela) e a COVARDIA preferiu não arriscar-se.
-Um, dois, três, quatro... - começou a contar a LOUCURA.
A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que como sempre caiu tropeçando na primeira pedra do caminho. A FÉ subiu ao céu e a INVEJA se escondeu atrás da sombra do TRIUNFO, que, com seu próprio esforço, tinha conseguido subir na copa da árvore mais alta. A GENEROSIDADE quase não consegue esconder-se, pois cada local que encontrava lhe parecia maravilhoso para algum de seus amigos: se era um lago cristalino, ideal para a BELEZA; se era a copa de uma árvore, perfeito para a TIMIDEZ; se era o vôo de uma borboleta, o melhor para a VOLÚPIA; se era uma rajada de vento, magnífico para a LIBERDADE, e assim, acabou escondendo-se em um raio de sol.
O EGOÍSMO, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início, ventilado, cômodo, mas apenas para ele. A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris), e o DESEJO, no centro dos vulcões. O ESQUECIMENTO, não me recordo onde se escondeu, mas isso não é importante. Quando a LOUCURA estava lá pelo 999.999, o AMOR não havia encontrado um local para esconder-se, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou um roseiral e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre as suas flores.
- Um milhão - terminou a LOUCURA, e começou a busca.
A primeira a aparecer foi a PRESSA, apenas a três passos de uma pedra. Depois, escutou-se a FÉ discutindo com Deus no céu sobre zoologia. Sentiu-se vibrar o DESEJO nos vulcões. Em um descuido encontrou a INVEJA, e, claro, pôde deduzir onde estava o TRIUNFO.
EGOÍSMO, não teve nem que procurá-lo. Ele sozinho saiu disparado de seu esconderijo, que na verdade era um ninho de vespas.
De tanto caminhar, a LOUCURA sentiu sede e, ao aproximar-se de um lago, descobriu a BELEZA. A DÚVIDA foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem se decidir de que lado esconder-se.
E assim foi encontrando todos. O TALENTO, entre a erva fresca; a ANGÚSTIA, em uma cova escura; a MENTIRA, atrás do arco-íris (não, mentira, ela estava no fundo do oceano); e até o ESQUECIMENTO, pra quem já havia esquecido que estava brincando de esconde-esconde.
Apenas o AMOR não aparecia em nenhum local. A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, embaixo de cada rocha do planeta e em cima das montanhas. Quando estava a ponto de dar-se por vencida, encontrou um roseiral. Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando, no mesmo instante, escutou-se um doloroso grito. Os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos.
A LOUCURA não sabia o que fazer para desculpar-se. Chorou, orou, implorou, pediu perdão e até prometeu ser seu guia. Desde então, desde que pela primeira vez se brincou de esconde-esconde na Terra, O AMOR é cego e a LOUCURA sempre o acompanha.


segunda-feira, 29 de maio de 2017

A obsessão pelo novo

O que te impressiona hoje em dia?
O que te faz suspirar?
O que te chama atenção?
O que te faz viver?

É aquele novo casaco de pele da vitrine?
O último modelo V8 turbo com 760 cavalos de potência?
A inovadora linha de cosméticos da farmácia da esquina?
É o novo hit do momento?

Hummm. Já sei. É a nova lavadora faz tudo 8kg.
Ou o plano que te dá 2GB com ligações ilimitadas?
Talvez seja a nova Tekpix 7 em 1.
Ou será o celular 4G com bateria a energia solar?    

Não.
Na verdade, não é nada disso.
Algumas coisas ainda podem ser úteis, melhorar a nossa vida ou simplesmente ser objeto de desejo, mas nada é essencial para vivermos bem e felizes.
As vezes se apegamos tanto em bens materiais, e algo novo e de última geração, que não percebemos que o que nos aquece não é o casaco de pele da vitrine, mas o abraço de quem a gente ama.
A alegria não está no celular 4G de última geração, mas com quem está do outro lado da linha.
Então, pense bem.
Como diz O  Rappa “O novo já nasce velho”.








quinta-feira, 25 de maio de 2017

A arte da conquista

Você já deve ter visto esta cena.

Mas a tradução correta é esta.

Dona F: Não gostaria de entrar e tomar um gole de garapa?

Profº G: Não teria um pouco de puína?

Dona F: Claro que sim, com queijo e salame.

Profº G: Depois da polenta!



(Traduzindo para a realidade do O velho Oeste.)

By Fábio Bollis.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Contradigo

Tenho que confessar...
.
.
.
Entendo que não sei tocar violão.
Tocar vilão não é a única forma de música.
Música existe 24h por dia.
O dia, no seu todo, também tem noite.
Na noite quem brilha é a lua.
A lua sem você não importa.
.
.
.
Haaaaa o que importa é o que interessa.
O que interessa, é viver.
Viver é saber os limites.
.
.
.
Haaaaaa. limite quem tem é município.
Pessoas tem vida, amor, amigos......
Amigos.
Amigos sinceros.
Amigos loucos.
Amigos família.
Amigos companheiros.
Amigos virtuais.
.
.
.
Amigos conhecidos.
Amigos inimigos.
Amigos AMIGOS.
Se você é um.... e veja bem...
Se você é um AMIGO.
Viva como amigo, de quem merece um amigo como você.

Haaa ... e se souber tocar violão me avise...

Serei seu amigo também.

domingo, 6 de março de 2016

Ho Lua!!!

HO LUA
SE ESSA LUZ FOSSE SUA
EU QUERIA A GATA NUA
E NÃO COMIA ELA CRUA.


SUA LUZ NA ESTRADA REFLETIA
A LUA ERA FORTE COMO MAGIA
FOI DE AGARRAR A TIA
MAS RESVALEI E CAI DA PIA.


A LUA BRILHA
FEVEREIRO FERVILHA
ÉPOCA DE COLHER ERVILHA
E DE FAZER UMA FILHA.

DA LUA QUERO MEL
UMA ÓSTIA DO CÉU
SONHO FEITO DE PAPEL
QUE NÃO CABE NO CHAPÉU.

TE VI REDONDA LÁ EM CIMA
FIQUEI RETO AQUI EM BAIXO
SE TÁ DEITADA CAIO EM CIMA
SE TÁ EM PÉ TE ENCAIXO.

MAS NUM SEGUNDO VOCÊ SE FOI
PERDI A CHANCE DE PROLIFERAR 
FIQUEI PARECENDO UM BOI
E NEM SEI ONDE FUI PARAR.

DA NOITE POUCO SOBROU
NEM MAIS O VENTO SOPROU
O QUE EU TINHA EVAPOROU
E SEM A LUA O GRANDE MURCHOU.

By: Fábio Bollis